quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Reticello

Pois então, além de um trabalho belíssimo, o curso de Reticello, da minha querida Lee, da Escola de Bordado, é uma ótima terapia.
Estou exercitando a paciência, de só poder fazer um pouquinho a cada dia, e não ficar ansiosa, como normalmente acontece, quando fico tempo demais para fazer um trabalho.
Está sendo realmente uma "degustação" de cada ponto, de cada etapa, que, para mim, que não tinha bordado absolutamente nada de bordados "desfiados", e principalmente longe da "mestra".
Mas vamos lá!
Eu sei... deveria ter passado o trabalho, esperado a luz do dia, etc, etc. Mas aí já seria pedir demais da Popola.
E olhem só quem estava me acompanhando em mais esta vitória: Thora. Não está uma tetéia? 



Aqui eu não usei o flash.
A-do-ro esse efeito.


Vamos dar mais uma olhada.


Do primeiro vazado ao último, posso notar a diferença das laçadas. Como estou evoluindo, e como ainda tenho o que crescer.
Lee, mais uma vez, muitíssimo obrigada por me deixar participar desta aventura.

Ah, não tinha prestado atenção, então não escolhi um tom que sobressaísse bem. Agora, para as flores, vou "escurecer" um pouco o fio.

Boa noite para todos, e bom carnaval!

Popola

3 comentários:

Lee Albrecht disse...

Ana paula, essa viagem ao reticello nos levou a um caminho emocionante! aluna e professora... a cada etapa um avanço... uma nova conquista... uma nova descoberta. Parabéns... em breve estarei colocando uma postagem sobre o trabalho de todas as meninas.
Um carinhoso abraço

deise CRAFTS... disse...

Esse é mesmo um trabalho belíssimo!
Vou gostar de acompanhar os avanços!
Beijos!

Isadora disse...

Que delícia de trabalho, e que delícia de Thora!
É bem como vc disse, como sou professora eu sempre calculei o valor do meu trabalho em hora trabalhada. Os trabalhos artesanais mais caprichados levam horas e horas e horas para serem feitos, como colocar preço nisso?
Bjs