quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Como se reconhece um amigo?

Em janeiro deste ano recebemos hóspedes muito especiais em casa.
Eles tem Franco no sobrenome, e até parecem parentes mesmo.
Vieram para ficar um mês, e por zilhões de razões, ficaram até a semana passada.
Foram então...7 meses?
Não sei direito, pois nem percebemos.
Passou bem rápido.



Minha irmã costuma dizer que "...nada melhor do que comer um quilo de sal junto, para se reconhecer um verdadeiro amigo".
Sei que é uma metáfora, mas sei que a nossa amizade é verdadeira. E forte.
Soubemos respeitar o espaço um do outro. A individualidade.
Aprendemos a não julgar pelas aparências, e que toda história tem dois lados... de quem conta e de quem escuta. A não tomar partido, por mais que tenhamos vontade!
E... aprendemos à amá-los ainda mais.
Não preciso nem dizer a falta que eles estão fazendo aqui nessa casa.
Até a Thora tá meio jururu....
Vamos sentir muitas, mas muitas saudades de vocês.

Com amor.
"Tia Paula / Paulinha / Amiga"
(como eles me chamam)

2 comentários:

Doces Pontinhos disse...

Olá Ana Paula, me chamo Ana Paula tb, e passeando pelo seu blog lindissimo, percebi que temos um amigo em comum, o Ramires Drittich, que faz patchwork, e até já fez alguns trabalhos pra vc, que por sinal são lindos demais, e sem nenhuma esplicação o blog q ele tinha sumiu, gostaria de saber se vc tem algum contato com ele, por imal, ou qualquer outro pois gostaria muito de saber do meu amigo, obrigado, aguardo anciosa o sua resposta, beijos .
ana.ceccon@hotmail.com
ou pelo meu blog
www.pontocruzdaaninha.blogspot.com

Gabriela disse...

Olá!Adorei o teu blog é lindo e maravilhoso,parabéns!Conheci atraves do blog da Mamélia querida,ja vireu sua fã e seguidora.Abraços