segunda-feira, 4 de maio de 2009

GLOBO REPÓRTER II

Ainda falando do programa sobre as especiarias, aqui vão algumas receitas.

Saiba como preparar receitas com especiarias.

CHÁ DE ESPECIARIAS
Misture erva-doce, pedaços de canela em pau e semente de mostarda em quantidades iguais. Você pode fazer a quantidade que quiser e guardar para outros dias. Depois, para uma xícara, use uma colher de chá da mistura. Importante: a água não deve ferver. Retire a água do fogo quando surgirem as primeiras bolhinhas da fervura (cerca de 92ºC). Deixe em infusão por três minutos e aproveite.
TEMPERO PREPARADO PELA FEIRANTE CÉLIA DINIZ DA COSTA
Ingredientes: 1 maço de sálvia 1 alho-poró aipo 4 cabeças de alho 1 cebola 1 pimentão vermelho alfavaca hortelã pimenta alecrim manjerona óleo, azeite de oliva ou água para misturar Modo de Fazer: Ponha o alho no liquidificador. Para ajudar a bater, use um pouco de óleo, azeite de oliva, ou água. Depois, vá acrescentando os temperos, um a um, até que obter uma mistura homogênea. Em seguida, adicione uma xícara de sal, que ajuda a conservar a mistura.
GELÉIA DE PIMENTA
Ingredientes: 2 quilos de açúcar 2,5 litros de água 150g de pimenta dedo-de-moça sem sementes 10g de ácido cítrico 13g de pectina Modo de Fazer: Coloque a água em uma panela. Acrescente o açúcar, separando um pouco para ser misturado depois com a pectina. Adicione a pimenta, que deve ser batida no liquidificador com um pouco de água antes de ir para a panela. Acenda o fogo e mexa. Depois coloque a pectina misturada ao açúcar que ficou separado. Por fim, acrescente o ácido cítrico. Deixe ferver por 40 minutos. Está pronto.
PIMENTA NO VINAGRE (receita da agricultora Leni Nörnberg)
A receita é ideal para quem gosta de pimenta mais fraca e deve ser feita com o fruto fresco. Pegue um vidro para acondicionar a pimenta e esterilize (escalde com água quente). Em seguida, coloque nacos de pimenta sem sementes. Colorida fica melhor. Cubra com vinagre. Se preferir mais forte, utilize pimenta seca e cubra com azeite.

2 comentários:

Carla disse...

Vou tentar fazer um chá de especiarias desse para mim. Só o nome já é tão precioso que dá vontade, não é? Ainda mais a alguém como eu, loooouca por chás.

Ana, se puder, tire-me cá uma dúvida, como se utiliza a geleia de pimenta? No preparo de carnes, imagino, mas o resultado final não é ardido demais, não? Pergunto porque gosto de testar coisas novas na cozinha, mas preparo muitos pratos para amigos e eles têm horror a comida ardidinha.

Quanto à flor, olha que coisa! Fiz o teste três vezes e, das três, saiu a mesma flor. hahahaha!

Ana Paula disse...

Carla, não sei se estou respondendo do modo correto, mas não tinha teu e-mail!
Normalmente eu sirvo a geléia de pimenta acompanhando um QUEIJO.
Com o brie fica muito bom. E a intensidade do ardido dependerá diretamente da qualidade da pimenta, e se você a preparará com algumas sementinhas. Quanto mais sementes deixar, mais ela ficará ardida.
Mas é um ardido muito gostoso.
Você já provou chocolate com pimenta? A Lindt tem um que é uma delícia, e o ardido fica no finzinho... no final da língua.

Quanto à flor... você então é genuína mesmo! Comigo deu duas flores diferentes!!!!

Bjks